Nesta seção, estão assentados 20 mortais em seus tamboretes numerados. Os escritores que nele se assentam são patronos do espaço que tem caráter vitalício, podendo vir a ser ocupado por outro escritor após a morte do seu antecessor. Os 20 primeiros representantes desta Academia Virtual foram escolhidos pelos editores, a partir da observação da cena literária pernambucana, dentre aqueles que trilham caminhos não ortodoxos, fogem dos rumos acadêmicos e mantêm militância literária independente, marginal, alternativa, periférica, ou aqueles que simplesmente se julgam mortais como a vida.

 

 

 

 

 

 

            

 

 

      

 

 

 


 

 

 
 
 
 

 

 

     

 

    

 

 

Flash player required!






Banner

Banner




quem somosfale conoscoportfoliolinksclipagemhotsites

Editores:

 Sennor Ramos, Raimundo de Moraes e Cida Pedrosa