principal  |   colunistas   |   Rita Marize Farias

Jomard

por Rita Marize Farias

 

Texto criado a partir da Cerimônia de abertura da Jornada Literária Portal do Sertão 2011 do SESC Pernambuco em Arcoverde, no dia 15 de setembro com a mesa – Rapsódia da Poeticidade – JMB em busca de Liliths e outros Orf'eus.

Participações: Jomard Muniz de Brito, Wellington de Melo, Biagio Pecorelli, Hélder Herick, Maria Alice Amorim, Icaro Holanda e convidados.

 

Na escura-Dão as Luzes fortes às letras

Neste instante: há a morte da poesia

Em sete fones

Sete formas

Sete vozes

Nasce então: A Poesia

Daqui a sete segundos

Nasceu a poesia de Jormard

em Wellington

em Ícaro

em Hélder, em Biagio, em Glauco

na Maria, no Miro, no Zé....

em mim

é um câncer

Cão ser humano

ele corrói a alma inerte

sacode a criatura

Cria tu

Cria ele

Cria a voz

O Jomar de Grito.

O outro contaminado rasgou tudo

digo, rasgou todo o poema do Famigerado

mas poema não morre rasgado

morre no silêncio

mas Jomard de Grito vocifera

e beija de língua áspera de gato preto

engravidando de poesia de sal grosso a noite.

A bebida oferecida por Bi-onísio é contaminada de loucura e mentira

E a gente mente que é poeta

E a gente cria que é gente

Porque poesia corta

        poesia cura

        poesia reza

        poesia come

        poesia caga

        poesia põe em si

A heresia narcisista do artista

Narciso não morreu!

virou vento forte, brisa alegre

ganhou asas

agora desde ontem corre mundo

é onipresente

é roupa

é pintura de cara

entregue à loucura

As minhas mãos ardem nesta noite

A língua corta

A palavra inquieta

não diz, ainda, o que quer

Mas o JovemMar MeDiz de Brilho na escura noite da jornada.

 

Coluna EnCena Poesia
uma visão da cena através da palavra

RITA MARIZE FARIAS
atriz e produtora cultural

{comments}

  Voltar à página inicial

Nina

Jomard

Sentindo a cena de "Essa febre que não passa..."

Concerto de Ispinho e Fulô


Flash player required!






Banner

Banner




quem somosfale conoscoportfoliolinksclipagemhotsiteslogin

Editores:

 Sennor Ramos, Raimundo de Moraes e Cícero Belmar