principal  |   colunistas   |   Jomard Muniz de Britto

FOLIAS NA e DA PERNAMBUCANAGEM

Jomard Muniz de Britto, jmb folião


01. Difícil recomeçar diante de tamanhas
cooptações e permissividades.
02. Esta numeração pode ser desordeNADA
ao sabor dos 3, 30, 300, 3000 leDORES de
José Telles, tergiversando maresias etílicas.
03. A rosa vermelha do CAIRO em busca de
um pacto democrático sempre carente.
04. O fenômeno Marcelo (Reginaldo) Rossi
superou multidões do Galo da Madrugada
e das procissões das padroeiras.
05. Nunca jamais em tempo algum opções
de A até Z se abençoaram enquanto
classes médias da fé.
Sem furor nem ciências  nem filosofias.
06. Além de Iemanjá, 2 de fevereiro findou
sendo o dia da cultura enfileirada.
07. À  margem dos POEMAS de Daniel
Lima, o mais jovem poeta sem front,
eiras nem beiras, etárias e zodiacais.
08. O novo dia será 15 de fevereiro, terça,
19h, no auditório da Livraria Cultura.
Aos que sempre acreditam em abismos.
09. Vamos todos passarinhar sem claudicar.
10. Nunca jamais seremos os mesmos depois
de reler Daniel Lima, popfilósofo bem antes de
Deleuze e seu intérprete Roberto Machado.
11. Est'Etica NA e DA politicidade.
12. Que o novo Ministro da Justiça também
releia seu parente CARDOZO, Joaquim.
13. Diante da lulista-loquacidade, viva a
retórica do silêncio da ex-primeira dama.
14. A  MTV contra todo tipo de preconceito.
15. Pelo dialogismo paulofreiriano de
Obama-Dilma-HU Jintao. Tal e qual nada
igual. Com Açucar & Afeto sem poupanças.
Recife/fevereiro/2011.

{comments}

  Voltar à página inicial

CONFIGURAÇÕES: de setembro para outubro

BAHIA-PERNAMBUCO em CIRCUNVOLUÇÕES

QUEM TEM MEDO das PRAIAS?

ENTREVISTA IMAGINÁRIO-PERFORMATIVA de JMB com PAULO LEMINSKI

Escrevivendo ao MAR de A para Z

ORAÇÃO de JANEIRO ao ANO INTEIRO

TODAS AS COISAS ESTÃO CHEIAS DE DEUSES?

CARLOS FERNANDO por ele MESMO

PARA COMPREENDER OS ATENTADOS?

SE O MÊS CONTINUA SENDO O MAIS CRUEL

VERÔNICA no AZUL de todos NÓS

A POETICIDADE em O S0M AO REDOR

AQUELAS FOLIAS NÃO ME ILUDEM MAIS

DEZEMBRO EM DOZE IMPRECISÕES

de CARLOS DRUMMOND aos DRUMUNDANOS

PARA NÃO ESQUECERMOS MARIA JOSÉ LIMEIRA

Nenhum arRECIFE pode ser QUINTAL.

Por QUEM escreveremos poemas de amor?

23 Possibilidades na língua dos PPPês

PODER, POESIA e (ainda) EGOLOMBRISMO

eNEM de todos exames na INTERPOÉTICA

Essa Vontade de SER

EM BUSCA da DELICADEZA PERDIDA

REDOBRANDO outros CARNAVAIS

ENTREVEROS dentro e fora da INTERPOÉTICA

DEIDADES pelo INTEIRO AM BI EN TE

MISTÉRIOS de DEZEMBRO

TROCAR o Face a Face pelo Facebook?

ZERANDO A REZA

NOTICIÁRIO SOCIOCULTURAL por um setentonto incorrigível

COMO DIRIA O MULTI(POP)POETA

JOGOS de SEDUÇÃO da CRÍTICA CULTURAL

A PROEZIA DOS ALTERNATIVOS?

SOCIABILIDADES na INTERPOÉTICA

NOTICIÁRIO na INTERPOÉTICA

INTERROGAÇÕES pelos labirintos da INTERPOÉTICA

QUERO NÃO: queremos muito mais

FOLIAS NA e DA PERNAMBUCANAGEM

À MARGEM DA MARGEM, AUGUSTO em OITENTAÇÃO

Mensagens & MASSAGENS em 2011 perspectivas

INTERPOÉTICA no ENTRELUGAR da NOSTALGIA

INTERPOÉTICA no TEMPORAL das ELEIÇÕES

RELATOS & MIRAGENS d'A CASA DO POETA

INDAGAÇÕES de um SETENTONTO

DEZ GOSTOS para qualquer POEMAÇÃO


Flash player required!






Banner

Banner




quem somosfale conoscoportfoliolinksclipagemhotsites

Editores:

 Sennor Ramos, Raimundo de Moraes e Cida Pedrosa